Maioria dos pilotos de F1 votará pela introdução do halo

Apesar de esteticamente ser horrível, a maior parte dos pilotos de F1 não está preparado para fazer concessões à segurança e caso sejam chamados a dar o seu voto fá-lo-ão a favor da introdução do Halo, algo que só deverá suceder em 2018.

A controversa proteção de cockpit esteve prevista ser introduzida para 2017, mas Jean Todt preferiu que os pilotos fossem consultados antes de avançar com uma decisão e para isso fez uma apresentação no briefing de Abu Dhabi, na tentativa de convencer alguns céticos: “Não aprendi nada com a apresentação que pudesse alterar o que penso, mas acredito que se for votado a maioria provavelmente botará a favor…”, disse Hulkenberg.

José Luis Abreu/Autosport