Nove triunfos, menos um do que Lewis Hamilton. Mas ainda assim suficientes para garantir o primeiro título da carreira. Eis os números de Nico Rosberg em 2016:

1 – Título mundial.  O primeiro campeonato de Rosberg significa também que 2016 foi a primeira vez que o alemão terminou à frente de Lewis Hamilton  desde que ambos se tornaram colegas de equipa, em 2013.

2 – O número de filhos de antigos campeões do mundo que repetiram os feitos dos pais. Graham Hill venceu por duas vezes o título, em 1962 e 1968, enquanto o seu filho Damon triunfou em 1996. Já Nico Rosberg segue os passos de Keke, que foi campeão em 1982 com a Williams, apesar de apenas ter vencido uma corrida.

3 – O número de campeões de nacionalidade alemã.  Não havia nenhum quando Rosberg nasceu, em 1985, mas desde então venceram Schumacher, Vettel e o próprio. Nico é também o terceiro campeão do mundo da Mercedes, depois de Juan Manuel Fangio e Lewis Hamilton, e igualmente o terceiro piloto a sagrar-se campeão  em Abu Dhabi, nas oito visitas do calendário da Fórmula 1 ao traçado de Yas Marina.

9 – O número de triunfos de Nico Rosberg em 2016. Desde a primeira vitória, em 2012, o piloto tem subido mais vezes ao lugar mais alto do pódio a cada ano que passa. 10 vitórias em 2017?

11 – O número de temporadas que Rosberg precisou para vencer o primeiro título na Fórmula 1.

13 – O número de voltas que Nico Rosberg realizou fora do top 10 em 2016.

33 – Nico Rosberg foi o 33º campeão da história da Fórmula 1.

50 – A percentagem de campeonatos ganhos por pilotos alemães nos últimos dez anos (Vettel 2010-13, Rosberg 2016).

75 – A percentagem de voltas que Rosberg cumpriu dentro dos três primeiros classificados em 2016 – 957 voltas em 1268.

André Bettencourt Rodrigues / Autosport