F1 2017: Pirelli concluiu programa de testes em Abu Dhabi

Pedro Junceiro
Pedro Junceiro
Editor Conteúdos

Depois de 24 dias de ensaios ao longo da época, a Pirelli deu finalmente por concluídos os testes de preparação dos pneus que serão utilizados na próxima temporada da Fórmula 1. O último dia de trabalhos decorreu no traçado de Yas Marina, em Abu Dhabi, e contou novamente com ‘muletos’ modificados para simular a carga aerodinâmica esperada na próxima época.

A maior dimensão das borrachas, em conjunto com as alterações regulamentares que influenciarão o tamanho dos monolugares, deverá traduzir-se numa redução entre quatro a cinco segundos dos tempos por volta.

Ao longo dos últimos quatro meses (o primeiro de dez testes teve lugar entre 1 e 2 de agosto, em Fiorano, sob a batuta da Ferrari), o construtor de pneus italiano testou diversos protótipos do pneu, dando às equipas diferentes compostos e especificações às equipas que acordaram ajudá-la neste defeso, nomeadamente a Ferrari, Mercedes e Red Bull.  No total foram completadas 2607 voltas por 11 pilotos em cinco circuitos distintos (Fiorano, Mugello, Barcelona, Paul Ricard e Abu Dhabi).

Hamilton chegou… e saiu mais cedo

Em ação neste último dia de testes em Abu Dhabi estiveram Kimi Raikkonen, Daniel Ricciardo, Max Verstappen, Pascal Wehrlein e Lewis Hamilton, que hoje teve o seu primeiro contacto com as novas ‘borrachas’, mas acabou por ir para casa mais cedo à conta de uma indisposição. O inglês contribuiu ainda assim para o total de 331 voltas (1839 km) registadas pela Pirelli, com o diretor desportivo Paul Hembery a revelar que o programa de trabalhos decorreu “de acordo” com o planeado.

“Conseguimos recolher os dados necessários  graças ao esforço da Mercedes, Red Bull e Ferrari. Sem o seu contributo teria sido impossível completar este intenso programa de desenvolvimento.  Agora começa o trabalho árduo, com a recolha e análise dos resultados para definir os pneus com que vamos correr na próxima temporada”, adiantou.

A estreia dos novos pneus nos monolugares de 2017 está marcada para fevereiro, período em que se iniciarão os testes oficiais.

André Bettencourt Rodrigues / Autosport