Wehrlein e Ocon pegaram-se após GP de Abu Dhabi

A luta pelo título entre Nico Rosberg e Lewis Hamilton como é natural atraiu todas as atenções do GP de Abu Dhabi. Porém no meio do pelotão outras batalhas animaram a corrida como a que colocou frente a frente Esteban Ocon e Pascal Wehrlein, o que levou mesmo a uma troca de galhardetes no pós-corrida entre os dois homens da Manor.

Ocon criticou Wehrlein por este não ter dado o espaço suficiente aquando da tentativa de ultrapassagem do piloto francês e que originou mesmo uma colisão entre os dois pilotos.

“Estava com uma estratégia diferente e tinha mais ritmo nas últimas voltas. Fui por fora, mas o Pascal não deu espaço suficiente por isso colidimos. Durante a corrida em todas as ultrapassagens que realizei existiu sempre um toque”, explicou o jovem gaulês que no próximo ano irá defender as cores da Force India.

Já Pascal Wehrlein argumentou no contraditório que deu espaço suficiente a Ocon para este realizar a manobra. “Se o Esteban tivesse olhado para o lado direito iria ver que existiam mais de 100 metros a separarem os dois carros. Se esta distância não é um espaço considerável então não sei o que é necessário”.
Recorde-se que neste luta muito particular acabou mesmo por ser Esteban Ocon a superiorizar-se ao ver a bandeira de xadrez em 13º, enquanto Wehrlein foi 14º, mas durante o ano foi o único piloto a somar pontos para a equipa britânica.