Gases humanos vão ser usados como combustível para camião

A Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos pode ter perdido um terço do seu orçamento para este ano, mas alguns locais ainda vivem um espírito ecológico muito acima da média. É o caso de Portland, uma das cidades mais progressivas da América do Norte, que arranjou maneira de reciclar resíduos humanos de uma forma útil.

O serviço local de proteção ambiental anunciou a criação de “um projeto revolucionário que vai converter metano recolhido na estação de tratamento de águas em gás natural renovável”. Ou seja, o que for pela retrete abaixo vai para o depósito de combustível. A ideia das autoridades locais de Portland é substituir o gasóleo por gás natural em veículos pesados, nomeadamente camiões de transporte de mercadorias.

A edilidade de Portland espera reduzir as emissões de gases de estufa, como o dióxido de carbono, em 21 mil toneladas por ano, reduzir o consumo de combustíveis derivados de petróleo em cinco milhões de litros e gerar três milhões de dólares (2,75 milhões de euros) em proveitos anuais para o orçamento das autoridades locais. A primeira estação de gás natural “humano” vai estar pronta no final do ano.