Ensaio: SEAT Leon X-Perience 2.0 TDI 4Drive

Mesmo não sendo um verdadeiro SUV, o SEAT Leon X-Perience é uma boa combinação de um automóvel familiar com capacidade para andar fora de estrada, por um preço convidativo

A SEAT já tem um verdadeiro SUV na sua gama, mas o Leon X-Perience continua a ser uma boa proposta para os condutores mais aventureiros, combinando alguma capacidade para fazer todo-o-terreno com os aspetos práticos normalmente associados a uma carrinha, já que a variante X-Perience é derivada da ST. Mesmo com uma distância ao solo aumentada em 27 mm, o comportamento do Leon X-Perience não perde para a carrinha normal em estrada aberta, recorrendo a uma solução multibraços para o eixo traseiro, com molas e amortecedores separados, uma combinação que garante um bom nível de estabilidade em curva. Em estradões de terra ou com mais obstáculos e desníveis, o chassis tem um desempenho mais do que apropriado, mantendo um bom nível de conforto para todos os ocupantes a velocidades mais reduzidas. É também neste tipo de piso que se sente o sistema Haldex da tração às quatro rodas a funcionar. Normalmente, o Leon X-Perience funciona como um normal automóvel familiar de tração dianteira, mas o sistema transmite potência para o eixo traseiro de forma rápida e eficaz, assegurando tração mesmo em situações de menor aderência.

A versão ensaiada estava equipada com o motor 2.0 TDI de 150 cv, que não é o mais potente da gama, mas garante boas acelerações e recuperações desde baixas rotações e consegue lidar perfeitamente com o peso adicional do sistema de tração integral. Existe, no entanto, sempre alguma tendência para consumos mais elevados que em veículos equivalentes do Grupo VW com este motor, podendo subir ligeiramente acima de uma média de 6 litros por cada 100 km. Também é ligeiramente desapontante que este motor esteja equipado em exclusivo com caixa manual de seis velocidades, pois a caixa DSG, exclusiva da variante de 184 cv de potência, tornaria o X-Perience mais confortável para o condutor.

O Leon X-Perience com motor 2.0 TDI tem uma lista de equipamento que já é bastante interessante, tendo em conta que pode ser adquirido por menos de 40 mil euros, mas é possível acrescentar alguns extras sem gastar muito mais. No que diz respeito ao habitáculo, a variante aventureira tem as mesmas características da carrinha espanhola natural, com destaque para o excelente espaço para as pernas nos bancos traseiros, bem como uma bagageira de dimensões bastante generosas, ultrapassando os 580 litros de capacidade.

PREÇO BASE 38 936 €

FICHA TÉCNICA
Motor 4 cil., 16 v., common-rail e turbo, 1984 cm3 Potência 150 cv/3500-4000 rpm Binário 340 N.m/1750-3000 rpm Transmissão Integral, cx. man. 6 vel. Suspensão McPherson à frente e multilink atrás Travagem DV/D Peso 1492 kg Mala 587 litros Depósito 55 litros Velocidade máxima 208 km/h Aceleração 0 a 100 km/h 8,7 segundos Consumo médio 4,8 l/100 km Consumo médio AutoSport 6,2 l/100 km Emissões CO2 125 g/km

José Luís Abreu/AutoSport

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.