Veloz e furioso: assim se poderia definir o mais recente modelo de produção em série apresentado pela Bentley, o Continental Supersports, que a marca britânica considera ser o automóvel de luxo de quatro lugares mais rápido do mundo.

Garantido é o seu estatuto de Bentley mais potente de sempre, cumprindo assim a promessa que havia feito quando revelou o primeiro teaser deste carro. Com dados técnicos que deixam bem evidentes as pretensões de dar luta direta aos desportivos da Ferrari e Aston Martin, o novo Bentley Continental Supersports recorre a um motor W12 revisto e capaz de debitar 710 CV de potência e 1.017 Nm de binário.

Assim, a aceleração dos 0 aos 100 km/h cumpre-se em 3,5 segundos, enquanto a velocidade máxima está agora situada nos 336 km/h. A versão descapotável leva um pouco mais a acelerar até aos 100 km/h (com arranque parado): 3,9 segundos. A velocidade máxima é ligeiramente inferior, cifrando-se nos 330 km/h.

Em termos técnicos, o motor W12 beneficiou de novos turbos de alta performance e componentes de rendimento superior, associando-se a um sistema de vetorização de binário derivado do GT3-R, que proporciona maior agilidade dinâmica.

A companhia explica, ainda, que o novo Supersports conta com discos de travão em carbocerâmica de alto rendimento (com novo sistema de refrigeração) que não têm rivais em termos de dimensões e oferecem maior resistência ao desgaste – 420 mm de diâmetro à frente e 356 mm atrás. Esses componentes ficam ‘escondidos’ atrás de jantes de 21 polegadas, num conjunto que permite uma redução de 20 kg nas massas suspensas. Um escape de titânio opcional permite poupar mais 5 kg no peso total. No total, o peso deste modelo é de 2.280 kg.

Esteticamente, existem novos para-choques com elementos em fibra de carbono (splitter à frente e difusor atrás), além de novas entradas de ar no capot também em carbono. As saídas de escape têm acabamento em preto brilhante, enquanto os faróis são escurecidos, o mesmo se aplicando a elementos como a grelha dianteira, por exemplo. No interior, a Bentley procurou unir luxo com desportividade, com acabamento em três tons, com padrão em diamante aplicado aos bancos e painéis das portas em Alcantara. .

Por sua parte, os painéis do tablier em carbono do Supersports juntam-se à lista de componentes específicos deste modelo, mas também com volante revestido em Alcantara e alavanca da caixa exclusiva.

Quanto ao Continental Supersports Convertible, a capota de camadas distintas oferece elevados níveis de refinamento e isolamento, tendo superando provas de qualidade em ambientes entre os -30º C e os 50º C.