A Audi revelou em Detroit a sua visão para o seu SUV de luxo do futuro, o Q8 Concept, um modelo que corta com o tradicionalismo da marca alemã e que recorre a um sistema híbrido Plug-in para uma potência total de 449 CV e 700 Nm de binário.

Empenhada em não perder o comboio dos modelos de elevada eficiência, a Audi revelou em Detroit aquele que é o seu primeiro modelo destinado aos SUV de grandes dimensões, prefigurando uma versão de produção para lançamento em 2018.

Com mais de cinco metros de comprimento (5,02m), a imagem do novo Q8 Concept acaba por ser imponente, graças à secção dianteira muito estilizada e larga (2,04m de largura) em que a grelha Singleframe da Audi é reinterpretada para o século XXI. De perfil, os quase três metros de distância entre eixos apontam para uma maior habitabilidade, ao passo que a linha do tejadilho inclinada pretende replicar o dinamismo de um coupé. Mas a vertente que mais se demarca do tradicionalismo Audi é a traseira, em que os farolins estão dispostos na vertical e unidos entre si numa larga faixa de iluminação que amplia a largura do veículo.

As jantes de 23 polegadas escondem discos de travão em carbocerâmica (de 20 polegadas) para maior potência de travagem.

A tecnologia dos faróis dianteiros é apontada como a mais avançada por parte da companhia, graças ao sistema Matrix laser digital para a iluminação. Esta luz, dividida em mais de um milhão de pixéis, pode iluminar a estrada controlando a precisão do feixe de luz e com grande resolução. Uma tira de luzes em LED situada sob o capô dianteiro serve para as luzes intermitentes (vulgo piscas) e para as luzes diurnas.

Interior de luxo para quatro

Graças aos seus quase três metros de distância entre eixos, o interior do Q8 Concept permite albergar quatro passageiros em total conforto, de acordo com a Audi, com a mala a dispor de 630 litros.

O design futurista é também replicado no habitáculo, com um ambiente desportivo e requintado. No túnel central destaque para a consola central com a alavanca da caixa de oito velocidades tiptronic estilizada junto a um ecrã tátil que serve de controlo a diversas funcionalidades do veículo. Acima deste, encontra-se um outro ecrã tátil, este para o sistema de infoentretenimento, com a marca a explicar que esta dupla de ecrãs é conhecida como ‘Black Panel’: quando estão apagados surgem com uma cor preta ladeada por aplicações em alumínio.

O Audi Virtual Cockpit marca presença com melhoramentos, incluindo também um ecrã head-up display de aspeto analógico, com tecnologia de realidade aumentada que une os mundos reais e virtual. A marca recorreu a materiais de elevada qualidade para uma atmosfera desportiva e requintada, como por exemplo para as portas, painel de instrumentos e no chão, onde se encontra carbono com acabamento brilhante. De igual modo, os revestimentos do Q8 Concept são num misto de couro Nappa e couro Nubuk, ambos em tom pastel.

 Híbrido avançado

Para o Q8 Concept, a Audi recorre à sigla e-tron, ou seja, uma aliança entre o motor V6 de 3.0 litros sobrealimentado (333 CV) a um motor elétrico (100 kW) para um total de 449 CV de potência e 700 Nm de binário, o que é suficiente para levar este enorme SUV dos 0 aos 100 km/h em 5,4 segundos e atingir os 250 km/h de velocidade máxima. A caixa de velocidades é uma tiptronic de oito velocidades. Todo o conjunto está orientado para uma eficiência elevada, com os padrões utilizados para os modelos PHEV a apontarem um consumo de 2,3 l/100 km e 53 gramas de CO2 por quilómetro.

Com sistema de tração integral quattro, este modelo pode também recorrer a um sistema de vetorização do binário que gere de forma inteligente a distribuição do binário a cada roda, atuando em conjunto com a suspensão adaptativa pneumática. A bateria de iões de lítio está colocada na parte traseira do veículo, com uma capacidade de 17.9 kWh e autonomia elétrica para 60 quilómetros, sendo que em conjunto com o motor TFSI de 3.0 litros permite uma autonomia de mais de 1.000 quilómetros. Para carregar por completo a bateria numa tomada de 7.2 kWh são necessárias cerca de duas horas e meia.