Quando a MG Rover foi desmantelada em 2005, foi vendida a um grupo chinês e abandonou a maior parte dos mercados internacionais, incluindo a Europa. Desde então, tem mantido uma presença discreta no Reino Unido, com modelos desatualizados ou de baixo custo. Mas agora a marca britânica tem um modelo capaz de lutar de igual para igual com os melhores carros europeus, americanos e japoneses.

O MG E-Motion é o primeiro protótipo com motor elétrico da marca britânica. Tem também uma aparência muito mais apelativa do que a gama atual que está disponível na China ou Inglaterra. As suas asas de gaivota apontam para um comportamento desportivo. E ainda assim também promete um interior confortável para quatro pessoas. A SAIC, atual proprietária da MG, prometeu colocar o carro em produção se for bem recebido pelo público no Salão de Xangai. A MG promete atingir os 100 km/h em quatro segundos e uma autonomia de 500 km de autonomia.

A MG está disponível nas ilhas britânicas, com o citadino MG3, o crossover urbano GS e o novo SUV compacto ZS. A berlina média MG6 saiu de produção no final do ano passado, e ainda partilhava alguma tecnologia com o antigo Rover 75. Para regressar a tempo inteiro à Europa continental, necessitaria de um carro capaz de recuperar a antiga imagem desportiva ao mesmo tempo que aponta para o futuro. E o E-Motion seria o carro ideal para começar.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.