O Porsche 911 mais potente de sempre

Foi revelado no Festival of Speed de Goodwood o novo e muito aguardado 911 GT2 RS, que é o Porsche 911 mais potente de sempre e debita 700 CV.

Motor 3.8L biturbo de 700CV e 750Nm

0/100km/h em 2,8 segundos e máximo de 340km/h
Sistema de arrefecimento com água
Eixo Traseiro Direcional e chassis “perfeito para competição”
Interior a preto, vermelho e carbono
Cronógrafo Porsche Design 911 GT2 RS só para proprietários
Preço de 336.805€

Após as primeiras imagens que foram dadas a conhecer através do jogo Forza Motorsport 7, foi finalmente dado a conhecer em toda a sua espetacularidade o novo 911 GT2 RS. Confirmando-se que este é o Porsche 911 mais potente de sempre, o modelo revela uma ligação bastante forte ao mundo da competição, tanto no seu visual como nos materiais utilizados e ainda nas tecnologias introduzidas para o condutor. A primeira demonstração de força foi no Festival of Speed de Goodwood, que decorre este fim-de-semana.

O mote para o Porsche 911 mais potente de sempre é dado por um motor 3.8L de cilindros opostos que foi desenvolvido a partir do bloco do Turbo S, mas dotado de dois turbocompressores maiores e que ajudam a atingir os 700 CV de potência. Além de uma potência superior em 80 CV que o anterior 911 GT2 RS, o binário também recebeu um upgrade, elevando-se em 50 Nm para um total de 750 Nm. A canalizar esta força bruta está uma caixa de velocidades PDK específica, que foi trabalhada para que não exista qualquer interrupção na transferência da potência. O resultado é um vigoroso sprint de 2,8 segundos para chegar aos 100 km/h e uma velocidade máxima de 340 km/h.

Além dos novos turbos que permitem canalizar mais ar para as câmaras de combustão, a Porsche explica que junta-se também um novo sistema de arrefecimento que “distribui a quantidade de ar necessária quando se exige a carga máxima do motor e, a temperaturas muito elevadas, o radiador é arrefecido por um spray com água”. Segundo a marca, isto garante ao mais poderoso de todos os 911 uma diminuição da temperatura na zona de sobrepressão, garantindo sempre máxima potência mesmo quando o desportivo é levado ao extremo das suas capacidades. Foi ainda introduzido um novo sistema de escape, que não apenas reduz o peso em 7kg como garante um ronco inconfundível…

Carroçaria

Um “chassis perfeito para competição” é outro dos segredos para o Porsche 911 mais potente de sempre, e o GT2 RS recebe ainda um eixo traseiro direcional para conseguir ainda melhor comportamento em curva. A dinâmica sobre o asfalto é otimizada no modo Sport, que resulta de uma afinação específica para esta versão do Porsche Stability Management (PSM). Rápido a acelerar, o 911 GT2 RS também transmite máxima confiança ao pressionar o travão, algo para que se conjugam o composto de cerâmica de série no sistema de travagem e o as jantes com 265/35 R20 na dianteira e 325/30 R21 na retaguarda.

Além disso, outro objetivo foi colocar este ‘canhão’ a rasgar o vento com a máxima perfeição, graças a elementos como as grandes saídas de ar na traseira e ainda uma asa na retaguarda de dimensões assinaláveis. E trata-se de um “peso pluma” de 1470kg a rasgar toda a velocidade, já que as asas dianteiras, ventilação das cavas das rodas, retrovisores, entradas de ar nas laterais da retaguarda e capot são fabricados em fibra de carbono, enquanto o tejadilho é em magnésio. Mas será possível levar ainda mais ao extremo esta dieta com o pack Weissach, que inclui o reforço da aposta nas ligas de carbono, utilizadas em locais como o tejadilho e barras anti-rolamento, e ainda escolhe o magnésio como matéria-prima para as jantes.

Interior

a carregar vídeo

A bordo do Porsche 911 mais potente de sempre encontramos uma atmosfera em que a fibra de carbono é combinada com alcântara em vermelho, pele de cor preta e ainda tecidos que simulam a fibra de carbono. O volante com patilhas e as bacquets completas (mais uma vez com a referida fibra de baixo peso a dominar) garantem uma atmosfera do mundo de competição. Para isso contribui igualmente o PCM com Connect Plus e a App Track Precision. Mas, para os verdadeiros pilotos, é possível expandir esta oferta com o opcional pacote Sport Chrono, para exibir as performances em pista num verdadeiro sistema de telemetria ao dispor do condutor.

Cronógrafo Porsche Design 911 GT2 RS

Está também disponível um relógio especifico para os proprietários deste incrível desportivo, para que ‘seja sempre a hora certa’ para transformar qualquer pedaço de asfalto na pista perfeita. Esta é, aliás, a segunda versão do 911 lançada nos últimos tempos com esta particularidade, após também ter surgido um acessório similar para o Turbo S Exclusive Series. Resultante de três anos de trabalho do departamento Porsche Design, este cronógrafo 911 GT2 RS revela a ligação ao todo-poderoso 911 com detalhes como o motor de enrolamento em tungsténio com o desenho das jantes do carro, o fabrico em carbono e a apresentação das horas que imita o painel de instrumentos e taquímetro.

Mas a referência maior é para o calibre 01.200 que inclui uma função Flyback inspirada no mundo do automobilismo e que facilita a medição dos tempos por volta. Para que seja fácil de perceber as diferenças em relação a um relógio tradicional, deixamos aqui a explicação da marca alemã. “Num cronógrafo tradicional, os botões devem ser pressionados três vezes para medir intervalos de tempo consecutivos: a primeira pressão detém o cronógrafo, a segunda reinicia e a terceira reinicia o processo de medição. Em cronógrafos com função “flyback”, esses processos ocorrem automaticamente e em rápida sucessão. A função de parar e a exibição de tempo em curso são claramente separadas usando marcações amarelas”.

Preços

Foi já revelada a (elevada) fasquia para aceder ao Porsche 911 mais potente de sempre, com o modelo disponível em solo nacional por 336805€. No entanto, se quiser o ‘pacote completo’ do 911 GT2 RS (e sem conta com os opcionais como o Weissach e o Sport Chrono), são precisos 346672,65€, já que o relógio especifico para os proprietários deste desportivo de topo está avaliado em 9765.65€. Mas, caso tenha o montante para o 911 GT2 RS, o custo para levar também o relógio acabam por ser apenas ‘trocos’…

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.