Já é vulgar os construtores automóveis fazerem recall aos seus automóveis. Por vezes, no processo de produção em massa, aparece um defeito imprevisto, que as marcas se apressam a corrigir. Carros de luxo, produzidos à mão, deviam estar imunes, certo? Parece que não.

Todos os 12 exemplares existentes do exclusivo Lamborghini Veneno vão ser recolhidos para reparar um problema no tubo de combustível, que pode causar um incêndio. Mas afinal parece ser um defeito do fabrico em massa… isto também afeta 5900 exemplares do Aventador, que usa o mesmo motor 6.5 V12.

M. Francis Portela

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.