Suzuki Swift Sport: O ‘pocket rocket’ está de volta….

Pedro Junceiro
Pedro Junceiro
Editor Conteúdos

Herdeiro de uma fórmula que deu tantos resultados no passado, a Suzuki surge em Frankfurt com um promissor Swift Sport, modelo que faz uso de uma boa relação peso/potência para prestações capazes de agradar aos amantes da condução desportiva.

Recorrendo à já interessante base do novo Swift, que faz uso de uma plataforma HearTec de baixo peso (que é também mais rígida), o novo desportivo compacto da marca japonesa recorre agora a um motor de 1.4 litros BoosterJet de 140 CV e 230 Nm de binário, aliado a uma caixa manual de seis velocidades trabalhada para manuseamento mais aperfeiçoado. Tudo isto num conjunto que é de apenas 970 kg de peso de base (menos 80 kg do que o modelo de geração anterior), havendo ainda que mencionar diversas modificações técnicas.

Assim, se o motor BoosterJet de injeção direta não é propriamente uma novidade, já a suspensão dianteira com amortecedores da Monroe e barras estabilizadoras de maior diâmetro prometem um comportamento mais preciso. O cubo da roda e os seus rolamentos foram agora integrados numa única unidade de forma a melhorar a rigidez, ao passo que na suspensão traseira também se procurou obter uma maior precisão no comportamento geral. As jantes especiais de liga leve são de 17 polegadas, conferindo, desde logo, um outro visual a este modelo desportivo, estando associadas a pneus de medida 195/45.

O desenho é mais agressivo em diversos pontos: grelha dianteira exclusiva, para-choques mais destacado com spoiler inferior incluído, saias laterais, difusor traseiro, aileron posterior situado no tejadilho, e escapes duplos. No interior, os bancos de estilo ‘bacquet’ acentuam o lado desportivo, assim como a combinação de apontamentos a vermelho com um painel de instrumentos de cores contrastantes e novos mostradores de temperatura e da pressão do turbo. O volante com base plana e alavanca da caixa e pedais em alumínio também contribuem para o visual mais desportivo. O pacote de tecnologias com base no ecrã tátil de 7” e o de segurança avançada fazem parte do conjunto geral.

Quanto a prestações, a Suzuki ainda não revelou dados oficiais para este novo modelo, que deverá chegar aos mercados europeus nos próximos meses.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.