Cada Rolls-Royce é um automóvel único, construído à medida. Mas mesmo assim há partes do carro onde não se mexe. A não ser que seja por um favor especial, que tem de ser bem pago. Um cliente da marca de carros de luxo mais famosa do mundo exigiu algo muito especial. Um Rolls-Royce que lembrasse as grandes viagens que se faziam antigamente, em navios cruzeiros a vapor, ou no Expresso do Oriente. E a marca respondeu afirmativamente.

O resultado é o Rolls-Royce Sweptail, revelado ao público no Concurso de Elegância Villa d’Este, onde se juntam automóveis exclusivos de várias eras. É na traseira que este modelo se diferencia de um Rolls Phantom “normal”, com um visual inspirado em embarcações marítimas de luxo.

No interior, os bancos traseiros foram retirados e substituídos por uma prateleira iluminada, com espaço para guardar chapéus. Foi também tomado cuidado especial com os luxos, com revestimentos em cabedal cujo design foi feito em exclusivo para este exemplar. No final, o Rolls-Royce Sweptail tem detalhes que relembram a primeira geração do Phantom, lançada pela marca britânica em 1925, bem como exemplares personalizados do Phantom II de 1934.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.