Mercedes-AMG GT C Roadster chegou a Portugal

Reis Pinto
Reis Pinto
Jornalista
Jornalista

As primeiras unidades do novíssimo Mercedes AMG GT Roadster (das dez destinadas ao nosso país) começaram a chegar a Portugal. Disponível em duas versões, a normal e a C, este cabrio de dois lugares oferece elevadíssimas prestações, com a versão de entrada a disponibilizar 476 cv e a C a debitar 557 cv. A mais radical foi agora apresentada, no Porto, pela Soc. Com. C. Santos com uma unidade já vendida.

É impossível ficar indiferente ao apelo deste desportivo, em especial quando proposto com a pintura cinza mate. Os dois modelos expostos (ambos GT C) custavam 240 e 244 mil euros, esta última já vendida.

Com uma potência de 557 CV e um binário máximo de 680 Nm, o AMG GT C utiliza alguns aperfeiçoamentos tecnológicos do AMG GT R, que incluem a direção ativa do eixo traseiro e o bloqueio eletrónico do diferencial.

No que diz respeito às dimensões, este Roadster também fica a par do desportivo AMG GT R: as asas traseiras mais largas criam espaço para uma maior largura da via traseira e rodas mais largas, permitindo efetuar curvas a uma maior velocidade e obter uma excelente tração.

As duas versões permitem passar rapidamente de coupés a cabriolets. A capota de lona abre e fecha em cerca de 11 segundos e o processo de abertura e fecho pode ser realizado até uma velocidade de 50 km/h. Tem três camadas de tecido e é suportada por uma estrutura ligeira de magnésio, aço e alumínio, que ajuda a manter um baixo centro de gravidade

O Roadster está disponível em 11 cores da carroçaria, 10 de interiores e a capota pode ser encomendada em preto, vermelho ou bege.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.