Um avião privado é um meio de transporte rápido, mas um helicóptero aterra mais depressa e é mais manobrável. Seja qual for o tipo de viagem, é preciso sempre escolher um. Mas há quem olhe para estes problemas, e se pergunte sempre “porquê?”. Os criadores do Elytron não quiseram fazer essa escolha, e preferiram criar um veículo aéreo que não é um avião nem um helicóptero, mas faz o mesmo que esses dois.

Os criadores do Elytron olharam para as vantagens e desvantagens de cada um, e no final conseguiram um modelo único, que consegue levantar voo e aterrar em modo vertical, para depois acelerar a grande velocidade quando está no ar. Consegue isto combinando hélices com motores, uma asa central inclinável a 100 graus e asas grandes duplas combinadas num único elemento. Pode optar entre dois tipos de motores, com 1000 ou 4000 cv, conforme o número de passageiros.

A ideia é criar algo que possa servir para transportar pessoas rapidamente a médias distâncias, como se fosse um serviço de táxis. O modelo de testes tinha apenas dois lugares, mas já existe uma variante com espaço para sete passageiros. Consegue atingir 360 nós (666 km/h) de velocidade máxima, e demora apenas 38 minutos para viajar de Nova York a Boston, uma viagem que normalmente demora três horas e meia de carro.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.