MotoGP – GP da República Checa: Marc Márquez vence em Brno com lição de estratégia

Marc Márquez (Honda) conquistou a vitória no GP da República Checa que teve lugar este domingo em Brno numa corrida onde o espanhol deu uma lição de estratégia ao antecipar-se à concorrência na troca de motos depois da pista molhada ter começado a secar.

Na largada, Jorge Lorenzo (Ducati) disparou na frente levando consigo as duas Honda e a Yamaha de Valentino Rossi.

Lorenzo tentou manter um ritmo forte na primeira volta e conseguiu abrir uma ligeira diferença para os seus perseguidores.

Contudo com a pista a secar Marc Márquez (Honda) foi o protagonista de um verdadeiro golpe de teatro ao entrar nas boxes no final da segunda volta para trocar de moto e o espanhol acabou por sair com pneus slick, o mesmo acontecendo com outros pilotos, entres os quais Jonas Folger (Monster Yamaha Tech3) e Danilo Petrucci (Octo Pramac Racing), que seguiram de imediato o espanhol.

Na frente da corrida, Valentino Rossi (Yamaha) colava em Jorge Lorenzo que foi perdendo terreno para os seus adversários e Rossi acabou mesmo por passar pelo espanhol da Ducati a 19 voltas do final, com Lorenzo a entrar nas boxes para mudar também ele de moto.

Rossi, Johann Zarco (Monster Yamaha Tech3) e Andrea Dovizioso (Ducati) ocupavam as três primeiras posições mas sem trocar de moto, o que não se fez tardar já que Rossi e Dovizioso acabariam por entrar na boxe na volta seguinte deixando Zarco na frente da corrida com Marc Márquez na sua roda, acabando mesmo o espanhol por se despachar rapidamente do francês com grande facilidade.

Com todas as trocas de moto, Marc Márquez acabou assim por ficar na liderança a 16 voltas do final com com uma vantagem de 17,490s sobre Scott Readding (Octo Pramac Racing), enquanto Aleix Espargaró era terceiro.

A dez voltas do final, o líder do campeonato do Mundo estava de pedra e cal na liderança da corrida com 21,066s sobre Dani Pedrosa que era já segundo, enquanto Danilo Petrucci (Octo Pramac Racing) ocupava a terceira posição a 26,583s. Já Valentino Rossi era sexto nesta fase da corrida a 29,220s do líder.

Até final só deu mesmo Márquez, com o espanhol a vencer a décima ronda da temporada, a terceira vitória da época e a segunda consecutiva, relegando para a segunda posição o seu companheiro de equipa Dani Pedrosa a uns impressionantes 12,438s , enquanto Maverick Viñales foi terceiro a 18,267s e Valentino Rossi que na última volta conseguiu passar Cal Crutchlow (LCR Honda), foi quarto a 20,466s do vencedor.

Nas contas do campeonato, Marc Márquez reforçou a liderança e soma agora 154 pontos, enquanto Maverick Viñales conta com 140 pontos e Andrea Dovizioso é terceiro lugar com 133 pontos, mais um que Valentino Rossi que ocua a quarta posição com 132 pontos e Dani Pedrosa é quinto com 123 pontos.

A próxima ronda do Mundial é o GP da Áustria a realizar a 13 de agosto.