Qual é a melhor maneira de garantir que um veículo elétrico é apelativo para o público geral? Dando-lhe uma forma que eles sejam capazes de reconhecer. E é isso que acontece com esta moto, a Munro 2.0. Construída na China, parece uma moto Indian clássica de 1967, mas está equipada com duas baterias e não faz qualquer poluição.

A Munro 2.0 tem duas baterias de 48 V, que geram um total de 816 W (cerca de 1,1 cv) de potência. O que não parece muito, mas é mais que suficiente para levar esta moto até aos 50 km/h em cidade, oferecendo também uma autonomia de 50 km. Depois de chegar ao destino, necessita de quatro horas e meia para recarrega.

A Munro é leve, pesando apenas 42 kg, e aguenta com um adulto sem problemas. Na China, custa o equivalente a mais ou menos 1500 euros. Só falta começarem a ser exportadas para a Europa, porque davam muito jeito para ir trabalhar nas cidades grandes.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.