Dakar 2017, Etapa 7: Peterhansel vence e alarga a vantagem

Já chegou ao fim para os homens da frente a sétima etapa do Dakar, que ligou La Paz a Uyuni e que marcou a primeira parte de uma jornada maratona. Dos 322 quilómetros cronometrados previstos apenas realizaram-se 161, pois as más condições meteorológicas obrigaram por parte da organização a uma revisão do percurso.

No final foi o líder da corrida Stéphane Peterhansel que superiorizou-se à restante concorrência. O piloto da Peugeot bateu o seu colega de equipa, Sébastien Loeb, por apenas 48 segundos e dilatou a vantagem no topo da classificação geral.  Os dois pilotos estão agora separados por 1m05s pelo que tudo continua ainda em aberto na luta pela vitória.

Giniel de Villiers foi o melhor não Peugeot ao colocar a sua Toyota Hilux no terceiro lugar a 3m33s de Stéphane Peterhansel. O piloto sul-africano é o sexto da geral. Mikko Hirvonen foi o melhor Mini no quarto posto, sendo que em termos de classificação manteve o quinto lugar, mas já a uns distantes 47m24s do primeiro lugar.

Seguiu-se Nani Roma que com este resultado e aproveitando o maior tempo cedido por Cyril Despres ascendeu ao terceiro lugar por troca com  o homem da Peugeot. Roma está  a 11m07s do primeiro lugar e mantém a pressão sobre os homens da Peugeot agora que o Dakar entra na sua fase decisiva.

Entre os portugueses a dupla Boris Garafulic/Filipe Palmeiro foi a nona mais rápida, ocupando a mesma posição na geral. Já Stephan Schott e Paulo Fiúza quedaram-se pelo 27º lugar e mantiveram o 17º posto em termos gerais.

Alexandre Melo/Autosport