Pouco conhecida, a Donkervoort é uma pequena companhia automóvel oriunda dos Países Baixos especializada na produção de pequenos desportivos artesanais, cuja intenção é oferecer uma proposta bastante arrojada e de visual agressivo.

Agora, a marca prepara-se para lançar uma versão ainda melhorada do seu D8, com a denominação GTO-RS, a qual volta a contar com motor 2.5 TFSI da Audi mas com uma potência a rondar os 400 CV de potência. Além do reajuste nos parâmetros de otimização do motor, que melhora o lado dinâmico, GTO-RS beneficia ainda de alterações ao nível do motor para assegurar o cumprimento da norma Euro 6 de emissões poluentes.

A aerodinâmica foi igualmente aprimorada, com este novo modelo a produzir agora uma carga ainda maior, recorrendo-se igualmente a uma maior presença da fibra de carbono em elementos como os spoilers inferiores. O aumento da carga aerodinâmica representa um total de 50 kg no eixo dianteiro e 50 kg no eixo traseiro, ainda que o arrasto em linha reta não seja afetada. A marca promete, assim, maior estabilidade a altas velocidades, mas também velocidades de ponta mais elevadas.

Outra característica deste modelo é a sua especificação de produção de fibra de carbono com um método X-Core, desenvolvido internamente e que consiste num conceito de combinação entre carbono e uma espuma especial, a qual terá já despertado a atenção de outros fabricantes automóveis, mas cuja explicação se mantém ainda em segredo.

Nascida em 1978, a Donkervoort continua a dar cartas no segmento dos desportivos extremos, apostando agora numa edição mais veloz e bastante limitada. Este modelo consegue acelerar dos 0 aos 100 km/h em cerca de 2,5 segundos. Com um preço de 151.173€ nos Países Baixos (sem impostos), este modelo pode tem um período de entregas que medeia entre o final deste ano e o mês de janeiro de 2018.