Mary Barra é a mais bem paga da indústria automóvel, Elon Musk tem o salário mais baixo

A CNN divulgou os salários e prémios de desempenho dos principais executivos da indústria automóvel mundial, e mais uma vez foi Mary Barra, presidente da General Motors, a ser a pessoa mais bem paga na indústria em 2016. Com a GM a recuperar o posto de marca com mais vendas no mundo, a estabelecer um novo recorde de mais de 10 milhões de exemplares vendidos e de um aumento de 16 por cento nos proveitos, Barra recebeu 22,6 milhões de dólares (21,2 milhões de euros) o ano passado.

Mesmo assim, Mary Barra recebeu recebeu menos 21 por cento de dinheiro que o ano passado, mas esse valor é compensado com ações da GM, que foram distribuídas a todos os executivos, constituindo assim um aumento de 30 por cento, graças ao valor das ações. Quem ficou mais perto de Barra foi Mark Fields, presidente da Ford, que recebeu 22,1 milhões de dólares (20,7 milhões de euros).

Barra e Fields ganharam cada um mais do dobro do executivo mais próximo. Sergio Marchionne, presidente da Fiat Chrysler Automotive, recebeu 9,9 milhões de euros, enquanto Matthias Müller, presidente do Grupo VW, ainda ganhou 7,3 milhões de euros, mesmo com o escândalo de emissões. O executivo pior pago da indústria é Elon Musk, que apenas recebeu… 37.584 dólares (35.235 euros) o ano passado. Este valor combina o salário mínimo e o valor mínimo de horas extraordinárias totais, mas Musk até recusa o salário, pois, como proprietário da Tesla, tem ações no valor estimado de 10 mil milhões de dólares.