Um dos aspetos mais referidos por quem conduz um carro é o prazer de condução, e se o carro é muito importante, a estrada onde o fazemos não é muito menos. Umas sobem a alturas incríveis depois de incontáveis voltas e reviravoltas; outras estendem-se por milhares de quilómetros, atravessando parques, vales e montanhas, enquanto algumas até chegam a ser românticas. Todas são estradas; as mais espetaculares do mundo. A SEAT escolheu as suas favoritas, reunidas numa lista entre um número quase infinito de estradas que os seus carros cruzaram em todo o mundo. A seleção começa na Roménia:

1) Transfagarasan, Roménia. Há quem a considere uma das mais bonitas estradas da Europa. Com uma extensão de 90 quilómetros, esta estrada serpenteia as escarpas das montanhas Cárpatos. Normalmente, fica encerrada entre outubro e junho devido à neve. Além da sua riqueza paisagística, tem a particularidade de passar, também, pelo Castelo Poenari, que alguns garantem ter sido o lar do príncipe que inspirou o romance Drácula de Bram Stoker.

2) Passagem de Stelvio, Itália. Localizada a 2,757 metros de altitude, é o trecho de estrada alcatroada mais elevada no lado ocidental dos Alpes. Além da fantástica paisagem, é também famosa pelos seus 48 ganchos em apenas 24 km, numa média de desnível de 7.6%. Os ciclistas também a conhecem bem, já que é uma das passagens mais difíceis da Volta a Itália.

3) Passagem de Furka, Suíça. Este troço tornou-se muito popular depois de servir de palco à aventura de James Bond, Goldfinger, aí filmada em 1964. É atravessada pela estrada 19 numa das 30 passagens de montanha mais elevadas da Europa. A localização, a meio dos Alpes suíços, é garantia de paisagens arrebatadoras, incluindo a vista para o impressionante Glaciar do Ródano.

4) Rota de Napoleão, França. Esta estrada tem 325 km e faz parte, atualmente, da N85, que segue até Paris. De Golfe-Juan na Riviera a Grenoble, atravessa as regiões da Provença-Alpes-Côte d´Azur e a do Ródano-Alpes, sendo também parte integrante da estrada percorrida por Napoleão a caminho da reconquista do trono depois de passar um ano no exílio. A estrada atravessa vias de grande importância e também vilas muito pitorescas.

5) Rota Romântica, Alemanha. Esta estrada tem a extensão de 400 km desde Wüzburg a Füssen, na Baviera. Atravessa mais de 60 cidades e vilas, nas quais o viajante pode parar para apreciar as igrejas catedrais, castelos, conventos e encantadoras aldeias medievais, como Dinkelsbühl, bem como vinhas e vales a caminho dos Alpes Bávaros.

6) Desfiladeiro da Ermida, Espanha. Os seus 21 km fazem deste desfiladeiro na Cantábria o mais longo de Espanha. Podemos lá chegar através da contorcida N-621 aproveitando os muitos pontos de interesse com fantásticas vistas sobre os penhascos de rocha calcária, alguns com 600 metros de altura.

7) Estrada Atlântica, Noruega. A Estrada Atlântica tem apenas 8,72 km ligando diversas pequenas ilhas com oito pontes, numa combinação perfeita de natureza com engenharia. Está apenas uns ligeiros metros acima do nível do mar, o pleno e revolto Oceano Atlântico que pode ser um impressionante desafio até para o mais aventureiro condutor.

8) Ruta 40, Argentina. É uma das mais elevadas estradas do mundo, chegando aos 5000 metros acima do nível do mar na passagem montanhosa de Abra del Acay. A estrada estica-se nuns longos 5,200 km desde o sul ao norte, passando paralela aos Andes através de 21 parques nacionais e de 18 rios de dimensão assinalável. No troço através do sul da Patagónia é também uma das mais desoladas estradas do planeta.

9) Great Ocean Road, Austrália. Esta via rápida com 243 km corre ao longo da costa australiana no estado de Victoria e tem alguns pontos assinaláveis como o London Arch ou The Twelve Apostoles, que são formações calcárias e de arenito com formas curiosas, moldadas por milhões de anos de erosão do Oceano Atlântico nos penhascos costeiros.

10) Route 66, EUA. Também conhecida como a “mãe de todas as estradas”, inspirou mais filmes do que qualquer outra, tal como Easy Rider, Duel ou uma das cenas de Grease. Tem uma extensão de 4,000 km, atravessando sete estados para ligar Chicago a Santa Mónica, na Califórnia. É uma das mais míticas estradas do planeta.

José Luis Abreu / AutoSport