a carregar vídeo

O magnífico Grand Palais foi no passado dia 9 de Fevereiro palco do evento “Grandes Marques du Monde”, promovido pela leiloeira internacional Bonhams que expôs e vendeu uma colecção invejável dos seus melhores automóveis, motocicletas e automobilia.

A estrela do show foi, inquestionavelmente, o Aston Martin Ulster 1935 ‘CML 719’, que atraiu inúmeros admiradores durante a pré-estreia e a venda. Com uma excelente proveniência e história de corridas, incluindo um 5 º lugar na sua classe nas 24h do Le Mans de 1935, não é de espantar que tenha excedido a estimativa prevista ao alcançar a surpreendente quantia de 2.012.500€, valor alcançado após uma intensa disputa entre quatro licitantes na Sala, que durou vários minutos.

Os automóveis britânicos tiveram um bom desempenho durante a venda, conquistando a posição de segundo lote mais valioso ao totalizar 1.070.100€. O Bentley S1 Continental de 1957, um dos únicos 31 construídos e anteriormente propriedade do magnata de navegação George Embiricos, chamou a atenção de vários concorrentes tanto online como no Grand Palais. A licitação começou rapidamente, instalando-se depois uma longa troca de lances determinada entre dois interessados, tendo realizado eventualmente mais de um milhão de euros.

O eterno glamoroso Mercedes-Benz 300 SL ‘Gullwing’ Coupé de 1966 demonstrou que a sua icónica aparência e inigualável engenharia alemã resistiram ao tempo, ao tornar-se um dos três automóveis a arrecadar mais de um milhão de euros neste leilão. Uma troca rápida entre dois licitantes interessados culminou nos 1.017.266€.

Entre o Top 10 encontra-se também o Maybach SW-36 Spezial Cabriolet de 1929, que conseguiu os respeitáveis 673.350€, seguido do automóvel maravilhosamente original e encantador Bugatti Tipo 27 Brescia Torpedo de 1923, que realizou 506.600€.

A Ferrai, marca italiana perpétuamente popular, também marcou a sua presença. O Ferrari 250 GT ‘Série 1’ coupé de 1959 foi vendido por 437.600€, enquanto que o Ferrari 330 GT 2 + 2 ‘Série 2’ de 1966 foi vendido por 276.600€.

Os automóveis de rally estavam bem representados na venda. O Lancia Stratos Coupé de 1977, conhecido como “o melhor carro de rally e o mais bonito do mundo”, alcançou 374.350 € e o original Renault 5 Turbo Tour de Corse Grupo B Rally Works Car de 1983 foi vendido por 195.500€, enquanto que o ex-Ecurie Kremer Porsche 914/6 de 1970 arrecadou 184.600€.

Outras vendas em destaque:

– Um dos automóveis mais antigos da venda, o Panhard & Levassor 7 HP Type A Voiturette de 1902, vendido por 253,600€
– O Porsche 356 1500 Super Speedster ‘Pre A’ de 1955 vendido por 386,600€
– O Facel Vega Facellia F2B Cabriolet de 1962 superou a estimativa da pré-venda avaliada entre 30,000-40,000€, realizando 86,850€.
– O Mercedes Benz 320 3.2 Litres Cabriolet de 1938 vendido por 356,500€
– Depois e uma das disputas mais longas do leilão, o Renault 4CV ‘Magpie’ Police Car de 1955 vendido por 39,700€, superando as expectativas da pré-venda.