24 Horas de Le Mans, 7ª hora: Três em 23.177s, Lamy na frente

Sendo verdade que o Toyota #7 se mantém na frente da corrida, e neste momento, à passagem da sétima hora de corrida, o Toyota #8 já está no segundo lugar da classificação geral, o Porsche #1, é o único ‘efetivamente’ na discussão com os TS050 HYBRID (o #2 está 18 voltas atrasado), com a diferença do primeiro para o terceiro a ser de apenas 23.177s, com o mesmo número de paragens nas boxes, o que significa que está tudo completamente em aberto e nenhuma tendência clara se destaca entre os LMP1-H. O Toyota #9 já só está a uma volta da frente.

Nos LMP2, a Vaillante Rebellion mantém o comando, com o Oreca # 31, agora com pouco mais de um minuto na frente do #13, que viu os terceiro classificados mudarem, passando a ser agora o #38 da Jackie Chan Racing, uma carro que tem andado entre o terceiro e quarto lugares. O Ligier #32 da United Autosports, de Filipe Albuquerque já é sétimo classificado, mas a cerca de quatro minutos da frente.

Nos GTE Pro, terceira hora de liderança seguida para o Aston Martin #97, com 30 segundos de avanço para o #67 da Ford. O terceiro lugar é agora ocupado por outro Ford, o #66, com apenas 1m32s a separar 13 carros. Grande equlíbrio nos GTE Pro.

Nos GTE Am, só dá Lamy desde a terceira hora, com o Aston Martin # 98 a manter a dianteira, com o Ferrari #84 a bem mais de um minuto, sendo que os seus adversários têm menos uma paragem. Nesta hora o Aston Martin do português foi apanhado em excesso de velocidade na via das boxes, mas até este momento não houve notícia de penalização. Um pião de um dos chineses do Ferrari #60 da equipa Clearwater Racing de Álvaro Parente, na curva de Mulsanne atirou-os para a penúltima posição da categoria e da geral.