24 Horas de Nurburgring: Final dramático… à chuva

Depois de três dias de intenso calor no Nordschleife e 23h30 de muito sol, foi a última meia hora de corrida que tudo resolveu nas 24 Horas de Nurburgring, ja que depois de um aflitivo problema mecânico lhes ter ‘roubado’ a liderança a duas horas do fim da corrida, o Audi R8 LMS com o #29 assegurou uma vitória dramática depois duma troca muito oportuna para pneus de chuva, que permitiu à equipa de Kelvin van der Linde, Connor De Phillippi, Markus Winkelhock e Christopher , que os fez cair para a terceira posição. Contudo, com a chegada da chuva a 25 minutos do fim da corrida, abriu-se-lhes uma janela de oportunidade que aproveitaram da melhor maneira. Mas isso só aconteceu por mero acaso, pois a equipa estava a montar os mesmos pneus que os seus adversários, que estavam na altura na primeira e segunda posições, mas um mau aperto do tampao do combustível, e os segundos que precisaram para o reaperto foram providenciais, já que nessa altura, Land pediu para serem montados pneus de chuva, num tudo ou nada, e o risco compensou, já que começou a chover bem mais forte em boa parte dos 25 Km do circuito de Nordschleife e isso foi decisivo para que a equipa do Audi #29 batesse os seus adversários, o audi #9 da WRT e o BMW #98 da ROWE Racing. Van der Linde apanhou e passou o BMW de Nick Catsburg, que passava muitas dificuldades na chuva e depois passou Rene Rast. Nicky Catsburg também passou Rast, na volta final em Adenauer, com o homens do audi #29 a alcançarem uma fantástica vitória, a quarta da Audi no Nürburgring.
Augusto Farfus ainda conseguiu chegar em quarto no segundo BMW que pilotou, o#42 da Schnitzer, com Maro Engel quinto no primeiro Mercedes., o #1 do Team Black Falcon.