6 Horas Cota: Porsche domina qualificação… para não variar

Quando se esperava por uma dura batalha pela ‘pole-position’ entre os dois construtores envolvidos na discussão da categoria principal do Campeonato do Mundo de Endurance, a qualificação das 6 Horas do Circuito das Américas acabou por ser dominada pelos Porsche, como sucedera na prova anterior no méxico.

Os 919 Hybrid não foram muito mais rápidos que os Toyota TS050 Hybrid, mas os dois segundos que separaram os LMP1 germânicos dos japoneses não deixou dúvidas que os protótipos da Porsche continuam a ser a força a bater.

Nick Tandy, no Porsche # 1 acabou por garantir o primeiro lugar da grelha de partida para a corrida de sábado, depois de Nick Tandy ter conseguido o melhor tempo – 1m44,827s – mesmo no final da sessão. O britânico já tinha visto um tempo ser anulado por exceder os limites da posta na última curva, fazendo a equipa descer para quarto depois de no começo da qualificação Neel Jani ter conseguido a melhor marca. Isso significou que Tandy teve de regressar à pista e repetir a tentativa, utilizando um jogo de pneus usados. Mesmo assim conseguiu ser suficientemente rápido para bater toda a concorrência, incluindo o 919 Hybrid # 2., uma vez que Timo Bernhard e Earl Bamber se ficaram por uma média de 1m44,994s. Os dois Toyota ficaram quase dois segundos atrás dos rivais alemães, novamente com o TS050 Hybrid # 8 a ser o mais veloz dos LMP1 japoneses.

Em LMP2, e contrariando o que tinha sucedido nos treinos livres, o mais rápido acabou por ser o Signatech Alpine # 36 e Nicolas Lapierre e André Negrão, com uma volta média de 1m54,024s, que suplantaram em três décimas o tempo feito por David Heinemeier Hansson e Oliver Jarvis no Oreca # 38 da Jackie Chan DC Racing. Nos GTE Pro a luta foi cerrada entre três construtores, sendo que no final a ‘pole’ ficou na posse de Sam Bird e Davide Rigon no Ferrari 488 GT# # 71 da AF Corse, com uma volta em 2m03,057, batendo por duas décimas o Ford GT # 67 de Harry Tincknell e Andy Priaulx. Já Pedro Lamy e Paul Dalla Lana não deixaram fugir a posição de topo dos GTE Am, com o Aston Martin Vantage # 98 que dividem com Mathias Lauda. O português e o canadiano conseguiram uma média de 2m06,031s, batendo por mais de um segundo Francesco Castelacci e Miguel Molina, no Ferrari 488 GTE # 54 da Spirit of Race.

Resultado da qualificação

1º Jani/Lotterer/Tandy (Porsche 919 Hybrid) 1m44,741s
2º Bernhard/Bamber/Hartley (Porsche 919 Hybrid) 1m44,994s
3º Buemi/Sarrazin/Nakajima (Toyota TS050 Hybrid) 1m46,400s
4º Conway/Kobayashi/Lopez (Toyota TS050 Hybrid) 1m47,098s
5º Lapierre/Menezes/Negrão (Alpine A470 Gibson) 1m54,024s
6º Beche/Henemeier-Hanson/Piquet Jr (Oreca 07 Gibson) 1m54,275s
7º Tung/Jarvis/Laurent (Oreca 07 Gibson) 1m54,315s
8º Canal/Prost/Senna (Oreca 07 Gibson) 1m54,394s
9º Rusinov/Thiriet/Lynn (Oreca 07 Gibson) 1m54,588s
10º Rao/Hanley/Vergne (Oreca 07 Gibson) 1m55,186s