As mudanças que os novos donos da F1 já começaram a fazer

A Liberty Media realizou algumas mudanças na Fórmula 1 que podem ser consideradas como um ‘romper’ com o passado, sobretudo na maior proximidade com os fãs que os novos donos querem implementar. Uma das mais notadas é a F1 Experience, que promove o contacto dos fãs com os protagonistas.

No passado Bernie Ecclestone era acusado de manter a F1 como um mundo muito exclusivista, distante dos fãs, e sem ter em conta a nova realidade das redes sociais. Chase Carey e a sua equipa têm vindo a mudar as coisas nos poucos meses que está à frete da disciplina. Aproveitar algumas oportunidades para passar uma imagem positiva da disciplina, como aquele episódio do Grande Prémio de Espanha, quando aquela criança (Thomas Danel) foi apanhada pelas câmaras a chorar após o abandono de Kimi Raikkonen e foi convidada a conviver com o piloto finlandês no ‘motor-home’ da Ferrari.

Uma das formas de melhorar o ambiente no ‘paddock’ é o relacionamento dos novos donos com os ‘media’, adotando um clima mais relaxado e promovendo a divulgação daquilo que de mais importante se passa na disciplina e incentivando as equipas a fazer o mesmo. O resultado das pessoas a interagir com a F1 nas redes sociais foi que a modalidade gerou mais de 137 milhões de opiniões e um total de 11,9 milhões de visualizações no twitter, no facebook, no Instagram e no YouTube. Anteriormente Ecclestone nem queria ouvir falar de alguém que colocasse uma imagem sequer nas redes sociais, achando que isso, de alguma forma, colocava em risco a ‘galinha dos ovos de ouro’ que são os direitos televisivos.

Claro que a televisão e as receitas que gera continuam a ser uma parte essencial da sustentabilidade da F1, mas mesmo aí há muito trabalho a fazer para tornar as transmissões mais apelativas. Câmaras em locais mais improváveis, ângulos nunca vistos são algumas das medidas tomadas pela FOM, para inverter uma crescente baixa de audiências verificada nos últimos anos. A comparação com o espetáculo que foram as 500 Milhas de Indianápolis não é negligenciável como também não o poderá ser o número de eventos no calendário ou a concomitância com outros grandes eventos no mundo do automobilismo.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.