As datas e as mudanças da Fórmula 1 em 2017

Quatro equipas de Fórmula 1 já anunciaram a data da apresentação dos seus monolugares de 2017, sendo para já a Renault a abrir as hostilidades a 21 de fevereiro. Seguem-se depois a Force India, Mercedes e Ferrari.

Ficam para já por conhecer as restantes seis (ou sete se a Manor correr) equipas antes do arranque oficial da época a 26 de março em Melbourne na Austrália. Antes disso, realizam-se os testes de Inverno, no dia 27 de fevereiro em Barcelona, estendendo-se até 2 de março, o mesmo sucedendo na semana seguinte, entre 7 e 10 de março, no mesmo local.

Neste momento ainda não são conhecidos o segundo piloto da Mercedes (deverá ser Valtteri Bottas), um da Sauber, que deverá ser Pascal Wehrlein (ainda não confirmado), um da Williams (que deverá ser Felipe Massa) e os dois da Manor, se correr em 2017.

Entre as mudanças de pilotos que já se conhecem, destaque para o abandono do Campeão, Nico Rosberg, que se despediu da F1. Também Felipe Massa, que pilotou pela Williams em 2016, se despediu da Fórmula 1 no fim da temporada 2016, depois de 14 anos na disciplina, mas deverá voltar mais um ano para ‘fazer’ o lugar de Bottas, que deve rumar à Mercedes.

O canadiano Lance Stroll estreia-se na F1 pela Williams, e o campeão da GP2 de 2015, Stoffel Vandoorne regressa à McLaren, agora como piloto efetivo, depois de ter corrido no Bahrein o ano passado em substituição do lesionado Fernando Alonso. Vandoorne substitui Jenson Button, que vai fazer um ano sabático das corridas. Nico Hulkenberg trocou a Force India pela Renault, e para o seu lugar na equipe de Vijay Mallya vai o francês Esteban Ocon, que correu pela Manor em 2016. Kevin Magnussen trocou a Renault pela Haas, onde substitui Esteban Gutiérrez, que para já está sem lugar, o mesmo acontecendo com Felipe Nasr, caso se confirme a ida de Wehrlein para a Sauber.

Nos motores, a Sauber irá utilizar os Ferrari de 2016 e a Toro Rosso voltará a utilizar os motores Renault, depois de ter usado propulsores Ferrari de 2015… em 2016.

No calendário, algumas alterações, o Grande Prémio da Europa muda de nome para Grande Prémio do Azerbaijão e a data da corrida foi alterada para evitar conflito com as 24 Horas de Le Mans. De resto, face a 2016, há apenas ma inversão na ordem das corridas da China e Bahrein e também entre a Malásia e Singapura. O Grande Prémio da Alemanha saiu do calendário, já que os homens de Hockenheim e Nürburgring não conseguiram reunir verbas para pagar à Formula One Management.

DATAS DA – F1 2017

21 de fevereiro Apresentação Renault
22 de fevereiro Apresentação Force India
23 de fevereiro Apresentação Mercedes
24 de fevereiro Apresentação Ferrari
27 de fev-2 de Março Testes (Barcelona)
7 a 10 de março Testes (Barcelona)
26 de março Grande Prémio da Austrália de F1
9 de abril Grande Prémio da China de F1
16 de abril Grande Prémio do Bahrein de F1
30 de abril Grande Prémio da Rússia de F1
14 de maio Grande Prémio de Espanha de F1
28 de maio Grande Prémio do Mónaco de F1
11 de junho Grande Prémio do Canadá de F1
25 de junho Grande Prémio do Azerbaijão de F1
9 de julho Grande Prémio da Áustria de F1
16 de julho Grande Prémio da Grã-Bretanha de F1
30 de julho Grande Prémio da Hungria de F1
27 de agosto Grande Prémio da Bélgica de F1
3 de setembro Grande Prémio de Itália de F1
17 de setembro Grande Prémio da Malásia de F1
1 de outubro Grande Prémio de Singapura de F1
8 de outubro Grande Prémio do Japão de F1
22 de outubro Grande Prémio dos Estados Unidos de F1
29 de outubro Grande Prémio do México de F1
12 de novembro Grande Prémio do Brasil de F1
26 de novembro Grande Prémio de Abu Dhabi de F1

José Luis Abreu/Autosport