BMW desiste do Série 1 Sedan na Europa

Depois de lançar há poucos meses o primeiro Série 1 de tração dianteira na China, esperava-se que a BMW fizesse o mesmo na Europa, ainda para mais devido ao sucesso de vendas do rival Audi A3 e do anúncio de uma nova berlina Classe A da Mercedes-Benz. Mas de acordo com o Autocar, a marca de Munique decidiu desistir do projeto nos próximos tempos.
A desistência ganha maior importância quando, de acordo com a fonte da BMW citada pelo site inglês, a marca alemã já havia delineado planos avançados para a comercialização em mercados importantes como o do Reino Unido.
Tendo como base a nova plataforma UKL1 (a mesma do Série 2 Active Tourer, entre outros), o novo Série 1 Sedan será assim apenas comercializado na China onde é produzido num joint venture com a Brilliance.
“Não há planos imediatos para vender o Série 1 Sedan fora da China”, afirmou a fonte da marca alemã que deu o exemplo da rival: “Não queremos chegar à mesma situação da Audi que viu o seu modelo de menor dimensão conquistar as partes de mercado do modelo maior” – o maior sucesso do A3 em relação ao A4 acabou por impactar as vendas deste último, o que a BMW não quer que aconteça com o Série 1 Sedan em relação ao Série 3 Sedan.
Ainda segundo o Autocar, a marca bávara irá esperar até ao lançamento global (previsto para 2019) da nova geração do Série 1 para então introduzir o Série 1 Sedan na Europa.
Luís M. Mota