Dakar 2017, Etapa 12: Sébastien Loeb vence na consagração de Stéphane Peterhansel

E tal como era esperado Stéphane Peterhansel selou na derradeira etapa do Dakar, que liga Río Cuarto a Buenos Aires, a conquista da sua 13ª vitória no Dakar, sétima nos autos. O piloto da Peugeot apenas precisou de terminar no segundo lugar a etapa de hoje para garantir a vitória e acrescentar mais um capítulo à sua história de sucesso na maior prova de todo-o-terreno do mundo. O mais bem sucedido piloto na história do Dakar ofereceu também à Peugeot a sexta vitória no evento, segunda consecutiva.

No segundo lugar da classificação geral ficou Sébastien Loeb, que foi hoje o piloto mais veloz nos curtos 64 quilómetros cronometrados garantindo assim a sexta vitória em etapas neste Dakar. O francês deu ‘água pela barba’ a Peterhansel durante toda a prova, mas um furo no dia de ontem deitou tudo a perder. Os dois pilotos da Peugeot ficaram separados por 5m13s após duas semanas de competição.

No terceiro lugar ficou Cyril Despres, que garantiu pela primeira vez um pódio no Dakar nos autos. O piloto francês realizou uma corrida consistente, tendo mesmo ganho uma etapa e passado pela liderança no final ficou a 33m28s do primeiro posto. O melhor não Peugeot foi o de Nani Roma, que colocou a sua Toyota Hilux no quarto lugar, mas já a 1h16m43s. Sem argumentos para contrariar o domínio da armada ‘3008 DKR’. O top cinco da prova ficou fechado com Giniel de Villiers numa corrida onde o experiente piloto sul-africano esteve uns furos abaixo do normal.

No campo da Mini foi Orlando Terranova, que fechou a prova no sexto lugar. O piloto argentino esteve discreto na primeira semana de prova, mas nos últimos dias foi presença assídua nos lugares da frente. O antigo piloto de motos Jakub Przygonski foi sétimo, sendo secundado pelo ‘aguadeiro’ de luxo da Peugeot, Romain Dumas. Os dois pilotos ficaram já a mais de quatro horas da frente da corrida. Conrad Rautanbach foi nono e o melhor estreante em prova. O top 10 foi fechado pelo antigo de piloto de quads, Mohammed Abu-Issa, que na sua estreia nos autos conseguiu obter um resultado de relevo, fruto de uma prova muito regular.

Alexandre Melo/AutoSport