Dakar, Cyril Després: “O que fizemos até agora não é nada, comparado com o que nos espera”

Cyril Després não teve sorte na etapa de ontem do Dakar, com o francês a perder a antena do sistema Sentinel do seu Peugeot 3008 DKR, ficando impedido de avisar os pilotos da sua aproximação: “Preferimos ser cautelosos, após a perda da antena do nosso Sentinel. Nos últimos 40 km da Especial não pudemos avisar os motards de que estávamos mesmo atrás deles. Por isso, passámos muito tempo no seu pó. Passámos alguns, correndo o mínimo de riscos. As pistas eram sinuosas, por vezes com troncos, que nos impediam de ultrapassar. Estar com 10 minutos de atraso nesta fase do rali não é irremediável. O que fizemos até agora não é nada, comparado com o que nos espera. O Dakar não é como uma prova do nosso quotidiano, é um todo onde há que retirar ensinamentos.”

José Luís Abreu/AutoSport