Dakar: Incrível reviravolta na classificação

Depois do que se viu ontem com a hecatombe da Toyota, ninguém esperava hoje uma etapa assim para os lados da Peugeot. Os três primeiros classificados na etapa de ontem, os três Peugeot de Sébastien Loeb, Carlos Sainz e Stephane Peterhansel tiveram problemas e a classificação deu uma enorme reviravolta. Mikko Hirvonen foi segundo na etapa a dez minutos de Cyril Després, com Nani Roma em terceiro a 12m51s do vencedor da tirada. Apesar do tempo perdido, Stéphane Peterhansel ainda terminou em quarto, mas a 15m15s do vencedor. Sébastian Loeb perdeu 22m13s e foi quinto.

Com isto tudo, a classificação geral tem agora Cyril Després na frente, Stéphane Peterhansel é segundo a 4m08s e Mikko Hirvonen a sobe a terceiro, agora a 5m04s do novo líder. Sébastien Loeb foi dos que mais perdeu nesta etapa, pois entrou nela na frente da geral e saí em quarto a 6m48s do topo. Basicamente, com todos os problemas de hoje o Dakar ficou bem mais equilibrado.

Carlos Sainz era, perto do final desta tirada o piloto que parecia poder ficar na frente da prova, mas ficou preso num buraco, e ainda não terminou a etapa. Certo é que vai perder tempo significativo e pode estar perto de hipotecar as suas hipóteses de vencer.

Resta aguardar para ver onde termina ou se termina.

José Luis Abreu/Autosport