F1: Alonso quer falar com a Renault antes de se decidir

Fernando Alonso quer falar com a Renault sobre o seu motor de 2018, antes de se decidir pela continuidade na McLaren, depois da equipa ter assinado um acordo com a marca francesa, depois de três épocas penosas com a McLaren.

Percebe-se que a intenção do espanhol é precaver-se contra mais desilusões, tomando uma decisão baseada em dados concretos, apesar de Zak Brown ter dito que era uma prioridade assegurar a continuidade do piloto de Oviedo na sua equipa.

A mudança de motor era um fator fundamental para convencer Alonso a ficar na McLaren, mas o Bicampeão do Mundo quer mais garantias antes de tomar uma decisão. Pelo menos é o que se pode perceber das declarações do espanhol em Singapura: “Não tenho dados sobre o que a Renault espera e das melhorias que planeia para o próximo ano. Por isso, depois desta corrida, vou tentar descobrir e estar em contacto com eles para saber mais sobre os seus planos e a partir daí tomar uma decisão. Nunca sabemos se foi uma boa ou má mudança para a equipa, mas se a McLaren pensou em a separar-se da Honda e optar pela Renault é porque tem boa informação sobre o próximo ano. Esperemos que isto permita fazer a McLaren regressar aos lugares onde pertence, que é lutar por pódios e campeonatos”.