F1: Fernando Alonso faz ultimato à McLaren

Fernando Alonso fez um ultimato à McLaren, segundo a Auto Motor und Sport. O piloto espanhol mandou a equipa de Woking escolher entre ele e a Honda.

A paciência do espanhol para com a Honda já acabou e surgiram rumores de que Alonso forçou o abandono em Spa, ao alegar uma falha de motor. “Ele teve um sentimento estranho com o monolugar”, defendeu Eric Boullier. Mas Yusuke Hasegawa disse: “Não encontramos nada de errado com os dados”.

Segundo a Auto Motor und Sport explicou, se a McLaren abandonasse a Honda, não existiriam consequências. Mas se a McLaren levar a Honda a quebrar o contrato, a marca japonesa terá de pagar uma indemnização à equipa de Woking. Neste momento, a relação vive uma situação de impasse. A McLaren está à espera da Honda e vice versa. Alonso até pensa em mudar-se para a Williams-Mercedes, uma vez que a Honda não parece ter capacidade para criar um bom motor.

Boullier falou sobre o assunto: “Com um motor Mercedes seríamos dois segundos mais rápidos que a Williams”. O assunto é polémico e ainda dará muito que falar até ao final da temporada. A vontade da McLaren é mudar de fornecedor de motor, mas a Honda não quer deixar de equipar a equipa de Woking.