F1: Honda dá ‘bons sinais’ e McLaren deve protelar decisão

A McLaren deu como prazo limite para uma decisão relativamente à continuidade, ou não, com a Honda o mês de setembro, mas os mais recentes desenvolvimentos do construtor japonês, que parece começar a dar sinais de melhoria estão a criar dúvidas junto dos homens de Woking.

Depois de todos os problemas existentes desde o início de 2015, que não tiveram grandes melhorias em 2016 nem nos primeiros meses de 2017, há algum tempo que o motor Honda dá sinais de estar a melhorar, e por isso a McLaren hesita. Numa altura em que os japoneses melhoram será uma boa altura para tomar a decisão de sair?

Segundo revela o Motorsport, a Honda pediu ajuda à Ilmor, e depressa melhorou significativamente, para já apenas no dinamómetro. Há alguns meses, a vontade dos homens de Woking era clara, mas neste momento há quem diga que agora já não é bem assim.

Os japoneses estão convictos que nas próximas corridas, Bélgica e Itália, será possível mostrar claros ganhos em pistas de ‘motor’ e isso poderá fazer recuar os homens da McLaren, que para já parecem inclinados a dar mais algum tempo aos japoneses mesmo que isso signifique protelarem demasiado as decisões.No meio disto tudo, há ainda Fernando Alonso…