F1: Sexto lugar continua a ser o objetivo da McLaren

Zak Brown ainda tem o sexto lugar no Campeonato do Mundo de Construtores como um objetivo para a McLaren, apesar da sua equipa ser atualmente a última e após cinco provas ter evoluído muito pouco em termos de motor e performance.

O diretor executivo da McLaren já expressou várias vezes a intenção de que a sua equipa quer ser melhor do que em 2016, mas a verdade é que está pior. Mas assume que o objetivo não mudou: “Se vai ser assim no final não sabemos, provavelmente vai ser difícil. Não digo que vamos estar mas à frente em termos de pontos gostaria de pensar que com o trabalho de todos será possível ser mais competitivo e terminar melhor do que no ano passado”, afirma Brown. O responsável pela equipa de Woking admite que o começo da época é um ‘handicap’ tão grande que é difícil que a equipa possa ambicionar “mais do que o sexto lugar”. A corrida de Espanha mostrou uma ligeira melhoria, que não teve grande expressão no resultado. “Mas estou otimista que possamos recuperar e ultrapassar a performance de 2016 no final deste ano”, refere Brown.

“A situação da unidade de potência é frustrante para todos nós – incluindo o nosso parceiro (Honda). Estão a trabalhar bastante. Se lhes pudesse dar uma nota pelo seu empenho eu dar-lhes-ia um 20”, afirma Zak Brown, que admite que na F1 os resultados são tudo, mas que leva tempo a ultrapassar problemas tecnológicos. “Não é como quanto tempos um mau jogo de futebol e no fim de semana seguinte começamos tudo de novo “, destaca o ‘patrão’ da McLaren.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.