Ferrari vence 12 Horas de Bathurst

Mercê de uma boa estratégia, menor consumo e turnos fortíssimos por parte de Toni Vilander, a Ferrari obteve uma merecida vitória nas 12 Horas de Bathurst.

O duelo que a equipa do 488 GT3 # 88 da Maranello Motorsport manteve com o Mercedes AM GT3 # 22 da HTP manteve-se praticamente até ao final da prova.
Mas Toni Vilander, Jamie Whincup e Craig Lawndes acabariam por se impor, sendo o toque dado por Maro Engel num dos recomeços da corrida o único percalço sofrido pelo trio vencedor.
Perto final a equipa do Mercedes # 22 ainda chegou a ameaçar a liderança, quando não montou pneus novos na sua última paragem nas boxes, mas para além de não conseguir resistir a Jamie Whincup, Shane Van Gisbergen acabaria por cometer dois erros que acabaram por ser fatais para as aspirações da HTP.
Primeiro o neozelandês deu um toque num Porsche retardatário fazendo-o ir contra as barreiras e desistir, obrigando à entrada do ‘Safety Car’, e depois bater na zona da montanha comprometendo o resultado do Mercedes # 22.
Destes percalços beneficiaram o Porsche 911 GT3 # 12 e o Bentley GT3 # 17 para terminarem nas segunda e terceira posições.
Para Álvaro Parente o final da corrida foi algo dramático, já que depois de ter sofrido uma penalização por excesso de velocidade nas boxes, Côme Ledogar sofreu um toque de um adversário que o fez sair de pista, mesmo assim o francês conseguiu levar o McLaren 650s # 1 da Tekno Motorsport à quinta posição final.
Já Pedro Lamy fez o último turno do Mercedes AMG GT3 # 83 da HTP, mas não seria feliz, sendo obrigado a recolher às boxes a menos de uma hora do final abandonando.

Classificação
1.º Vilander/Whincup/Lowndes (Ferrari) 290 voltas
2.º Lieb/Calvin-Jones/Campbell/Long (Porsche) a 1 volta
3.º Kane/Jarvis/Smith (Bentley) a 1 volta
4.º Martin/Talbot/Padayachee (Porsche) a 1 volta
5.ºParente/Bell/Ledogar (McLaren) a 1 volta
6.º Lago/Owen/Russell (Lamborghini) a 2 voltas
7.º Samadi/Gaunt/Holliday (Audi) a 2 voltas
8.º Strauss/Kelly/Mardenborough/ (Nissan) a 2 voltas
9.º Cini/Hollsworth/Fiore (Audi) a 3 voltas
10.º Manolis/Miller/Capelli/Canto (Lamborghni) a 4 voltas