Fórmula E: Primeira vitória de Rosenqvist em dia difícil para Félix da Costa

António Félix da Costa não esteve nada bem no primeiro dia em Berlim da Fórmula E, nunca conseguindo encontrar um bom ritmo. O piloto português foi o mais lento na qualificação e na corrida não conseguiu fazer muito melhor, rodando praticamente sempre na penúltima posição. A quando da paragem na box o piloto português chegou a rodar em quarto lugar, mas quando parou voltou a descer para o 19º lugar, apenas à frente de Mitch Evans que perdeu muito tempo logo no início. Na última volta António Félix da Costa subiu a 17º, passando o seu colega de equipa Robin Frinjs e Tom Dillmann.

Na frente da corrida muita emoção, apesar do domínio de Lucas di Grassi antes da paragem e de Felix Rosenqvist, que conseguiu passar o brasileiro nas últimas curvas antes da paragem. O piloto sueco da Mahindra controlou a corrida nas 21 voltas que restavam, resistindo a todas as tentativas de di Grassi no início desta segunda fase da prova, conseguindo a sua primeira vitória na Fórmula E com uma vantagem de 2,2s. Nick Heidfeld completou o pódio.

O grande destaque da corrida foi para o líder do campeonato, Sebastian Buemi. O piloto suíço da Renault E.Dams saiu de 14º e terminou em sexto, numa grande exibição de Buemi que mostrou o porque de estar na liderança do campeonato. Após a corrida o piloto suíço ainda subiu a quinto, devido a uma penalização atribuída a Jean-Eric Vergne que passou a ser nono. No final da primeira corrida de Berlim Buemi viu a sua vantagem reduzida para 32 pontos, depois da pole position de di Grassi e do segundo lugar. Amanhã os carros voltam à pista, com a qualificação às 10h45.