GP Bélgica F1: Mercedes à beira da penalização

A Mercedes mudou os componentes das unidades de potência de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas nos W08 para o Grande Prémio da Bélgica.

Esta é a quarta mudança de motores de combustão interna, turbocompressores e de MGU-H, ou seja, a apenas uma mudança da penalização. Na Ferrari ambos os pilotos também já usaram os quatro componentes possíveis. Mattia Binotto no entanto acredita que ambos os pilotos não vão ser penalizados no futuro, existindo algumas componentes anteriormente utilizadas.

A dupla da Haas, Romain Grosjean e Kevin Magnussen, também mudou para o quarto ICE, de forma a poder usar a última atualização do motor Ferrari, que foi introduzido na Grã-Bretanha. Já Stoffel Vandoorne, da McLaren-Honda, foi penalizado em 35 lugares na grelha de partida da prova belga.