GP Mónaco F1: Lewis Hamilton quase ‘atira a toalha ao chão’

A qualificação não correu nada bem a Lewis Hamilton com o piloto da Mercedes a sair da 13ª posição, depois de ter ficado na Q2. O britânico não conseguiu realizar uma volta rápida devido a problemas com o seu Mercedes, e quando fazia a última tentativa teve de a abortar, depois de Stoffel Vandoorne ter batido nos rails no final da sessão, fazendo sair as bandeiras amarelas. “O fim de semana está feito, então amanhã apenas estarei a pilotar em qualquer posição fora do top 10. Vou tentar chegar à posição mais alta que conseguir, mas é difícil ultrapassar aqui.”

Hamilton admitiu que não consegue explicar a sua falta de ritmo e considerou um azar o acidente de Vandoorne. “Acho que essa volta podia ter acabado por me colocar no top 10″, disse, referindo-se à volta do acidente do piloto belga. “É ótimo ver o que o Valtteri foi capaz de extrair do monolugar, mostra que não estamos terríveis aqui e vamos ter que descobrir por que eu não era capaz de ser como ele”, acrescentou o Vice-Campeão do Mundo.

Rodrigo Fernandes