Honda movido a hidrogénio chega à Europa

O Honda Clarity, o único automóvel na gama do construtor japonês movido a célula de combustível, já está disponível na Europa, com as primeiras unidades entregues a clientes especiais

A Honda disponibilizou uma série inicial de seis veículos que vão circular em Londres e em Copenhaga, como parte da iniciativa HyFive, que pretende divulgar a utilização do hidrogénio como combustível alternativo.

Em comparação com outros automóveis que recorreram ao hidrogénio como combustível, o Honda Clarity é o primeiro a conseguir acomodar todo o conjunto de pilhas de combustível no espaço normalmente ocupado pelo motor de combustão, no capot. Isto significa que a berlina japonesa tem um habitáculo espaçoso o suficiente para transportar cinco pessoas.

Em testes realizados nos Estados Unidos, o Clarity conseguiu atingir uma autonomia de 589 km, superior à da grande maioria dos automóveis elétricos no mercado. O carro japonês tem dimensões semelhantes às de uma berlina executiva. O motor também tem performances comparáveis às de um carro equivalente com motor Diesel, com a pilha a gerar 140 cv de potência, e um binário de 300 Nm.

O programa HyFive pretende colocar nada menos que 185 automóveis movidos a hidrogénio a circular em seis países europeus, a médio prazo.