Mercedes AMG Project One ou como ‘ir às compras’ de F1

Foram conhecidos mais alguns dados sobre um muito interessante projeto que a Mercedes tem na calha. Falamos de um modelo para o dia-a-dia… de alguns, obviamente.

Um hipercarro de dois lugares que será o primeiro modelo comercializado com um motor de F1 – que a marca anuncia gerar mais de 1000 cv, não precisando a potência – que será adaptado a um carro para a estrada.

No Project One (nome de projeto), e segundo a Inautonews, o 1.6 litros V6 turbo oriundo do monolugar de F1 prevê-se que irá debitar cerca de 748 cv, a que acresce uma potência de 408 cv oriundos de quatro motores elétricos, numa potência que combinada se espera rondar os 1020 cv. O peso deverá cifrar-se nos 1315 kg. Adaptar o motor, desenvolver uma caixa de velocidades e integralmente o sistema elétrico têm sido os principais desafios da Mercedes.

Desde o anúncio do projeto que a Mercedes refere que este é o pináculo da tecnologia aplicada ao dia a dia e que aponta o caminho da performance do futuro da AMG. Esta é uma edição limitada a 275 unidades, com um valor de comercialização de mais de dois milhões de euros. Os compradores irão começar por ter test drives em 2018, com as primeiras entregas a acontecerem em 2019. O Project One será conhecido, previsivelmente, no Salão de Frankfurt, em setembro.

André Duarte/AutoSport

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.