Ogier mais longe da frente na Sardenha

A Hyundai deixou de ter dois pilotos na frente do Rali da Sardenha depois de Thierry Neuville ter perdido mais de um minuto com problemas de travões na PEC12 (28.11 kms).

O belga cedeu 1m07s para Ott Tänak, o mais rápido da especial e agora segundo classificado do rali. Hayden Paddon continua a liderar apesar de ter perdido 5.2s para Tänak, com a diferença entre os dois primeiros na geral a cifrar-se agora em 9.4s.

Jari-Matti Latvala é agora o terceiro classificado mas o finlandês da Toyota ficou furioso com o tempo perdido no pó de Mads Ostberg, que tinha furado. Latvala disse mesmo no final que abandonará os ralis se o tempo perdido atrás de Ostberg não lhe for devolvido.

A grande novidade desta PEC12 foi o atraso considerável de Sébastien Ogier. O tetracampeão do Mundo sofreu um furo na fase inicial do troço e optou por não parar para mudar o pneu, perdendo ao todo 2m01s para Tänak. Ogier está agora a 3m09s do líder Paddon e poderá ter dito adeus à luta pela vitória e até a um eventual pódio na Sardenha.

Também Mads Ostberg e Andreas Mikkelsen sofreram furos neste troço, com o norueguês do Ford Fiesta a descer ao oitavo posto da geral enquanto Mikkelsen continua a ter um rali problemático nesta sua estreia oficial com a Citroën.