“Se ele quer provar que é um homem deve fazê-lo cara a cara”

Os “beijos e abraços” das primeiras corridas e as declarações a dizer que adoram este tipo de competição devem ter acabado hoje entre Lewis Hamilton e Sebastian Vettel já que apesar de inicialmente o inglês da Mercedes ter preferido não alimentar muito a polémica, quando ouviu as declarações de Vettel terá mudado de ideias e a ‘coisa’ já mudou de figura.

Ler + Birra de Vettel quase estragou tudo

Em declarações ao Motorsport, Lewis Hamilton ‘arrasou’ Sebastian Vettel: “Ele chegou-se a meu lado e bateu-me. Penso que isso cria um precedente e é mau para os jovens que nos estiveram a ver. E o que viram hoje é como se porta um tetra campeão do Mundo de F1. Espero que isto não se reproduza nas categorias mais baixas” começou por dizer Hamilton ao Motorsport e quando lhe foi perguntado se fez um ‘brake test’ a Vettel disse que não: “Não fiz, eu vou na frente eu controlo o ritmo. Tal como nos outros recomeços, abrandei naquele ponto. Ele estava a dormir e quase me bateu. Mas isso foi um pormenor. Agora por-se a meu lado e bater-me foi muito mau. Penso que ele se prejudicou a ele próprio hoje. Se ele quer provar que é um homem, penso que o deve fazer cara a cara. Pilotar perigosamente mete outros pilotos em risco. Agora vejam os jovens a ver a corrida o tipo de comportamento a que assistiram de um tetracampeão. Isso diz tudo”.

Ler + Incidente entre Vettel e Hamilton dá vencedor surpresa

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.