Rali da Alemanha (final da manhã): Quinto vencedor diferente, mesmo líder…

Jan Kopecky, Dani Sordo, Ott Tanak, Andreas Mikkelsen e agora Thierry Neuville completam o leque de cinco troços com cinco vencedores diferentes, sendo que desta feita o quinto troço foi o primeiro sem mudança de líder.

O norueguês da Citroën continua a ser o líder da prova alemã, depois de ter sido quarto neste troço, curiosamente atrás de Tanak e Ogier, que o seguem na classificação geral.

Isto significa que apesar de se manter na frente, Andreas Mikkelsen chega à primeira assistência do dia com uma vantagem de 4.1s face a Ott Tanak e 5.6s para Sébastien Ogier, com Elfyn Evans a realizar nova grande prova, pois é quarto a 14.8s. Com o azar que teve durante a manhã, com um ligeira saída de estrada onde teve muita sorte, pois em vez de ser a descer, como Sordo na PE4 era a subir (VER AQUI)com o belga a recolocar de imediato o carro na estrada. Está a 17.5s da frente, pelo que longe de estar afastado da luta. Em condições normais, nos cinco primeiro classificados estão os pilotos que vão lutar pela vitória, pois Esapekka Lappi é sexto já a 29.2s, e de todos os restantes WRC, Jari-Matti Latvala, que seria um potencial candidato aos lugares da frente, teve problemas de motor no Toyota Yaris WRC neste troço, perdendo quase minuto e meio e caindo para décimo.

Está a ser, como se percebe, um rali muito interessante, e o facto de estar um Citroën na frente mostra que ao contrário do que se viu em pisos de terra, o asfalto parece ser um tipo de piso em que o C3 está mais à vontade, e a posição de Mikkelsen mostra bem isso mesmo.

Tempos Online – CLIQUE AQUI

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.