Rali de Portugal: Pedro Meireles vence CNR

Terminada que está a PE12 Amarante 1, está igualmente concluída a prova relativa ao Nacional de Ralis, que terminou com o triunfo de Pedro Meireles e Mário Castro, que chega ao fim com quase dez minutos de avanço para Joaquim Alves e Luis Ramalho (Ford Fiesta R5) que alcançam aqui o seu melhor resultado de sempre no CNR.

O rali foi, como se esperava, muito difícil para os 22 concorrentes da competição lusa, e por isso cedo começou por haver equipas a ficar pelo caminho. Foi o caso de José Pedro Fontes e Inês Ponte que bateram forte com o seu Citroën DS3 R5, tendo mesmo que ser hospitalizados. A luta pela primazia nesta prova ficou assim quase reservada a Pedro Meireles e Miguel Barbosa, mas este último desistiu durante a tarde de ontem com uma rótula danificada, isto numa altura em que estava apenas a 3.8s do líder. A partir daí, Meireles, passou a dispor de uma margem para mais de seis minutos para Joaquim Alves, pelo que lhe restava levar o carro até ao fim o que fez, vencendo o rali.

No último troço, Pedro Antunes perdeu o terceiro lugar da geral, pois perdeu muito tempo em Amarante, sendo, portanto, Ricardo Marques e Paulo Marques (Skoda Fabia S2000) a terminar no pódio da prova portuguesa. Ricardo Teodósio foi quarto e venceu no Grupo N.

Mais informação quando chegarem todos os concorrentes.