Rui Ramalho lidera Rampa do Caramulo

As emoções estão ao rubro na Rampa do Caramulo, quinta jornada do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline 2017, numa prova organizada pelo Targa Clube e apoiada pelo Museu do Caramulo e pelas edilidades locais.

Rui Ramalho pulverizou o recorde do traçado e vai para “intervalo” no comando da prova. O piloto do Osella PA2000 Evo 2, conseguiu a marca de 1:15s389 para bater Pedro Salvador em Silver Car EF10 e Paulo Ramalho em Osella PA21S Evo. Atrás destes três pilotos, líderes em termos absolutos e na Categoria 1, está João Fonseca em BRC CM05 Evo, com o piloto covilhanense a ser o líder no Grupo CM.

“Adormecido” nas duas subidas de treinos, Gonçalo Manahu em Porsche 997 GT3 Cup, foi o melhor na Categoria 2 com 1:28:195, batendo José Correia em Nissan GT-R por meio segundo, ficando Edgar Reis (Porsche 997 GT3 Cup) logo a seguir.

Com a marca de 1:30s400, Luis Silva em BMW M3 foi o melhor na Categoria 4, aproveitando da melhor forma a ausência de Manuel Correia, cujo Fiesta R5 foi abaixo no momento da partida e depois não pegou a tempo de o piloto largar para esta subida de prova. Marco Guerra em Peugeot 306 e Nuno Pinto em Mazda MX5, ocupam para já os restantes lugares de pódio.
Joaquim Teixeira (Renault Megane Trophy V6), ausente nos treinos devido a problemas no bonito carro francês, conseguiu uma boa subida (1:30s150) e lidera a Categoria 5 na frente de Francisco Marrão em SEAT Leon Supercopa. Pedro Saraiva em Mitsubishi Lancer Evo IX foi o melhor na Categoria 3 com o tempo de 1:34s737, suficiente para bater João Guimarães em Peugeot 206RC e Sérgio Nogueira em Citroen Saxo.

Armando Freitas e o Toyota Starlet, obtiveram 1:45s998 e dominaram sem surpresa a Taça Nacional de Montanha, na frente de Ricardo Sousa em Fiat Uno.

No Troféu Nacional de Clássicos Montanha, o mais lesto nesta subida de prova voltou a ser Fernando Salgueiro em Ford Escort MKII, com o piloto da “casa” a fazer 1:36s919, superando Ricardo Loureiro, – em carro idêntico -, e Carlos Oliveira em BMW 323i.

Com o registo de 1:36s493, Flávio Sainhas em Ford Escort MKI foi o mais rápido no Campeonato Nacional de Clássicos, onde a luta é acesa com José Pedro Gomes, que igualmente ao volante de Ford Escort MKI, foi segundo na frente de Parcídio Summavielle em Datsun 240Z.

Na Taça Nacional de Clássicos 1300, Anibal Rolo e o Datsun 1200 Coupé lideram com total à vontade. O veterano piloto conseguiu 1:45s892, suplantando José Figueiredo (Datsun 1200) e Domingos Fernandes (Autobianchi A112).

Programa/Horário:
16.07.2017 – Domingo
10H00 – Fecho da pista
11H00 – Warm Up
14H30 – 2ª Subida Oficial
16H00 – 3ª Subida Oficial