WEC: Porsche garante triunfo esmagador em Nurburgring e portugueses sobem ao pódio

A Porsche alcançou uma vitória esmagadora nas 6 Horas de Nurburgring, terminando nas duas primeiras posições e consolidando a sua liderança no topo do Campeonato do Mundo de Endurance. Timo Bernhard, Brendon Hartley e Earl Bamber, no 919 Hybrid # 2 – que lideram o campeonato – acabaram por vencer, depois de na parte final da prova ter sido o Porsche # 1 de André Lotterer Nick Tandy e Neel Jani a dominar.

Depois os dois 919 Hybrid não tiveram rivais, já que a partir da segunda hora José Maria Lopez foi relegado para o papel de perseguidor dos LMP1 da Porsche, no Toyota TS050 Hybrid # 7, que o argentino ajudou a colocar na ‘pole-position’, juntamente com Kamui Kobayashi, que chegou a comandar a corrida no seu começo. Depois a diferença aumentou para quase uma volta, menos cinco que o outro carro da Toyota o # 8, que se atrasou logo na formação para a partida, com problemas na bomba de combustível.

A categoria LMP2 acabou por ser ganha pela Jackie Chan Racing, que dominou a categoria a partir do meio da prova, através do Oreca # 38, mercê da consistência de Ho-Pin Tung e a rapidez de Oliver Jarvis. Bruno Senna ainda pareceu capaz de lutar pelo triunfo no Oreca # 31 da Vaillante Rebellion, mas depois do atraso sofrido no turno de condução de Julien Canal Filipe Albuquerque e o piloto brasileiro apenas conseguiram limitar as perdas e terminar na segunda posição da categoria.

Mais uma vez, e tal como sucedera em Le Mans, a categoria mais disputada foi a GTE Pro. Uma luta que inicialmente opôs o Aston Martin Vantage # 95, mas que depois teve os dois Porsche 911 RSR e o Ferrari 488 # 51 como protagonistas, com o carro italiano da AF Corse a levar melhor, soberbamente guiado por James Calado e Alessandro Pierguidi. Em GTE Am o triunfo foi para o Porsche 911 RSR # 77 da Dempsey Proton de Matteo Cairoli, Martin Dienst e Christian Ried, depois de Pedro Lamy, Paul Dalla Lana e Mathias Lauda se terem atrasado no Aston Martin Vantage # 98, perdendo mesmo o segundo posto para o Ferrari 488 da Spirit of Race a meia hora do final da prova.

Classificação final

1º Bernard/Hartley/Bamber (Porsche 919 Hybrid) 204 voltas
2º Lotterer/Jani/Tandy (Porsche 919 Hybrid) + 1,606s
3º Davidson/Nakajima/Buemi (Toyota TS050 Hybrid) + 1m04,768s
4º Kobayashi/Conway/Lopez (Toyota TS050 Hybrid) + 5 voltas
5º Tung/Jarvis Laurent (Oreca 07 Gibson) + 13 voltas
6º Senna/Canal/Albuquerque (Oreca 07 Gibson) + 14 voltas
7º Lapierre/Menezes/Rao (Alpine A470 Gibson) + 14 voltas
8º Beche/Heinemeier-Hansson/Derani (Oreca 07 Gibson) + 14 voltas
9º Cheng/Brundle/Gommendy (Oreca 07 Gibson) + 15 voltas
10º Rusinov/Thiriet/Hanley (Oreca 07 Gibson) + 16 voltas