Blancpain Sprint Cup: Félix da Costa sétimo em Nürburgring

Foi uma corrida de qualificação muito animada aquela que António Félix da Costa veio a concluir na sétima posição, aos comandos do BMW M6 GT3 # 98 da Rowe, que dividiu com o alemão Jens Klingmann. Isto apesar da dupla luso-alemã nunca ter conseguido estar na luta pelo pódio, após a boa recuperação realizada.

A prova foi ganha por Franck Perera e Maximilian Buhk que assim estão na corrida ao título na Blancpain GT Series Sprint Cup, batendo Andrea Calderelli e Ezequiel Perez-Compac,numa prova que viu o ‘Safety-Car’ entrar em pista depois de uma colisão entre Ceccon (BMW M6 GT3) e Frank Stippler, que terminou com o carro de Munique enterrado na gravilha.

No reatamento, Dries Vanthoor assumiu a dianteira apesar da forte pressão de Andrea Caldarelli, mas as paragens nas boxes colocariam o italiano do Lamborghini # 19 na liderança. Mas nesta altura Frank Perera já estava em ascensão no Mercedes AMG GT3 # 84, e depois de deixar para trás Maxime Soulet e o Bentley Continental GT3 # 8, lançou-se ao ataque da liderança. Perez-Compac bem tentou resistir a Perera, os dois chegaram a cortar uma chicane na refrega, mas o argentino não teria argumentos para segurar o francês.

Classificação

1º Perera/Buhk (Mercedes AMG GT3) 30 voltas
2º Perez-Compac/Caldarelli (Lamborghini Huracan GT3) a 0,617s
3º Fässler/Vanthoor (Audi R8 LMS) a 2,482s
4º Soulet/Soucek (Bentley Continental GT3) a 2,780s
5º Stevens/Winkehock (Audi R8 LMS) a 13,752s
6º Leonard/Frijns (Audi R8 LMS) a 14,282s
7º Klingmann/Félix da Costa (BMW M6 GT3) a 14,634s
8º Kane/Schothorst (McLaren 650S GT3) a 15,115s
9º Schiller/Szymkowiak (Mercedes AMG GT3) a 16,442s
10º Palttala/Krohn (BMW M6 GT3) a 16,744s