Ferrari perde direito à marca Testarossa para empresa de brinquedos

Um tribunal em Düsseldorf, na Alemanha, concedeu ontem o direito de utilização do nome Testarossa à Autec AG, uma empresa germânica baseada em Nuremberg, especializada na produção de brinquedos e pequenos electrodomésticos.

O nome está naturalmente associado ao icónico super GT com motor de doze cilindros desenhado pela Pininfarina e lançado pela Ferrari em 1984.

O tribunal alemão argumentou a decisão com o facto de, nos últimos 20 anos, a Ferrari não utilizou aquela marca. O construtor italiano argumentou que continuou a fazer assistência e manutenção ao modelo, justificação insuficiente para o tribunal.

O nome foi uma adaptação dos míticos 250 Testa Rossa dos anos 50, mas o Testarossa, com as suas linhas inéditas, dimensões fora do comum e prestações então de referência, marcou a década de oitenta.

Foi estrela de séries de televisão (quem não se lembra de Miami Vice?), mas também nos videojogos, sobretudo no jogo Out Run, onde comandávamos um Testarossa descapotável, com uma loiraça a tiracolo.
O sonho de qualquer Yuppie que se levasse a sério.

O Testarossa foi dos grandes sucessos comerciais da Ferrari, evoluído no início dos anos 90 com o 512TR e depois, de forma um pouco mais discutível, com F512.

Já o Testarossa descapotável, como no jogo de computador, não passou de modelo único, para Giovanni Agnelli, o patrão do Grupo Fiat. Cinzento, com uma faixa azul em baixo, foi replicado por várias empresas, em ambos os lados do Atlântico (Até Michael Jackson teve um, todo preto).

Uma das preparações mais impressionante era feita na Alemanha, com o Koenig Competition. Dava uns ares ao futuro F40, mas podia ter mais de 1000 cavalos.

A Autec AG, propriedade do empresário Kurt Hesse,fez saber que pretende utilizar o nome em bicicletas e, eventualmente, uma máquina de barbear eléctrica.

A decisão do tribunal alemão diz respeito apenas à utilização na Alemanha e ainda é passível de recurso para instância superior, pelo que esta história, muito provavelmente, não acaba aqui.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.