O homem que comprou um De Tomaso Pantera com o subsídio da empresa

Nem todos temos a sorte de ter empregos que nos proporcionem vantagens na admissão de automóveis. Muitas vezes somos obrigados a andar com os carros da frota da empresa, mas também existem empresas que dão dinheiros aos funcionários para comprarem um automóvel para eles próprios. Foi exactamente o que aconteceu a Gary Corcorann em 1983.

A empresa de Corcoran deu aos empregados um subsídio para automóvel no valor de 250 dólares após três anos de trabalho na empresa. Em vez de comprar um veículo mais familiar, Corcoran interessou-se logo por Corvettes e por Dinos 246.

Foi então que se deparou com um De Tomaso Pantera de 1972, estacionado mesmo ali no lote de concessionários da Ferrari. Apesar de não saber muito sobre este modelo na altura, rapidamente aprendeu tudo o que precisava.

Esta máquina combina o inconfundível estilo italiano com as formas comuns na época. O Ferrari que comprou há muitos anos atrás ainda é o mesmo que ainda conduz frequentemente aos fins-de-semana.